Posts Tagged ‘revista publico’

Vinho do Porto

21 de Fevereiro de 2018

O Vinho do Porto está sofrendo mudanças quanto à seu consumo interno e exportações. Desde 1678, mais de três séculos, Portugal consumia menos Vinho do Porto que alguns países como Inglaterra e França. A França aliás, desde 1963, lidera as exportações do fortificado, sobretudo em quantidade. Agora em 2017, pela primeira vez, Portugal superou em seu consumo interno o reinado francês no quesito faturamento.

Uma das principais causas desta mudança deve-se ao fato do aumento do turismo na região do Douro em especial, bem como, o consumo na própria capital, Lisboa. Essas pessoas estão mais interessadas em qualidade do que quantidade. Tanto assim, que o consumo de Vinho do Porto nas categorias especiais é a grande alavanca para esses números recentes. Veja tabela abaixo.

vinho do porto 2008 a 2017

Estilo Tawny em destaque

O consumo português ainda está longe de mercados mais exigentes quanto à qualidade como Estados Unidos e Canadá, mas seu valor médio por litro (5,8 euros) está acima da média das exportações.

Esta mudança de consumo em categorias especiais tem tirado o reinado do todo poderoso Porto Vintage, sempre com muito prestígio no mercado. O fato é que os Tawnies com declaração de idade (10, 20, 30 e 40 anos) tem crescido significativamente, além do próprio Tawny Colheita, vinho de grande categoria e injustamente sem o mesmo glamour do Vintage.

vinho do porto vendas 2008 a2017

França ainda lidera em quantidade

Mesmo com a queda de 118 milhões de garrafas no mercado de Vinho do Porto em 2008 para 101 milhões em 2017, o faturamento ainda cresceu 2,6% em valores. Nas categorias especiais o aumento em volume foi pouco significativo, quase 22 milhões de garrafas em 2008 contra 22,7 milhões em 2017. Em compensação, os valores aumentaram 22% com cifras de 162 milhões de euros.

Mercados como França, Bélgica e Holanda, notadamente voltados para quantidade e portanto, vinhos mais simples, precisam ter uma política de vendas mais agressiva com promoções de preços. Baseado no bom faturamento com as categorias especiais de Porto, este caminho fica mais fácil.

Maiores informações e reportagem completa, click no link: https://www.publico.pt/2018/02/18/economia/noticia/tres-seculos-depois-portugal-tornouse-o-principal-mercado-do-vinho-do-porto-1803386

Quanto aos vinhos de mesa com a denominação Douro, suas vendas continuam em crescente volume desde 2008, atualmente com 4,4 milhões de caixas. Seu faturamento ainda melhor, chegando a 157,3 milhões de euros em 2017.


%d bloggers like this: